terça-feira, dezembro 04, 2012

A vida me obrigou a olhar para trás e agradecer...


 
Eu mudei de casa para me libertar da vida dupla que levava. Mudei pra ter a liberdade de entender e escolher quais partes das duas pessoas que habitam em mim, eu queria de ser.
Confesso que achei que seria mais fácil…
Acontece que pela primeira vez na vida eu tenho controle sobre a minha vida, o meu futuro, as minhas escolhas e  sei exatamente quem sou. Ao mesmo tempo em que fico aterrorizada com a possibilidade de dar tudo errado, me vem esse ímpeto de me jogar de cabeça e sem paraquedas nessa vida louca de incertezas.
Não sei o por quê de ser tão controladora. Gosto das coisas do meu jeito e no meu tempo. Alguns dizem que é por causa da genética (minha mãe), outros dizem que é coisa do signo. Eu prefiro acreditar que foi o mecanismo de defesa que desenvolvi para não ser dominada por tudo aquilo no qual queriam me transformar.

Parece que foi ontem que decidi ir contra todos e sair de casa, logo eu que sempre dependi dos pais pra tudo. Parece que foi ontem que eu decidi mesmo com toda a dor que estava sentindo, transformar minha situação. Parece que foi ontem que eu cheguei na casa da minha mãe com as malas disposta a tirar tudo meu. Parece que foi ontem que eu me sentia tão feliz e angustiada ao mesmo tempo. Ainda me lembro da cara de tristeza do meu irmão se despedindo de mim. Lembro da sensação de chegar na casa da minha avó. 

Lembro de como foi passar a primeira noite lá, de como foi duro me acostumar com os ônibus super lotados e dos perrengues que passei me perdendo por aí. Me joguei em uma aventura completamente nova e agora vejo minha vida pelo avesso e de ponta cabeça.
Deu medo sair da minha vida de conforto econômico. Dá medo ter  pessoas te observando e esperando o teu primeiro passo em falso. Só que esses medos são ínfimos perto das coisas que aprendi nesses quase 5 meses.

No dia fui fazer a matrícula da faculdade, olhei em volta e senti orgulho de mim. Eu ainda tenho milhões de sonhos nesse coração, ainda tenho muitos planos na cabeça e muita vontade de fazer acontecer. Mas, eu olho onde eu cheguei e como eu evoluí e só consigo chorar um choro bom. Nunca nesses 5 meses me faltou nada. Deus, nunca me deixou na mão, NUNCA, e não é agora que isso vai acontecer. Eu tô perdida, mas sei que é o processo para me encontrar. E tem mais: eu não vou deixar ninguém julgar o caminho que eu resolver trilhar. 
Mais é bem verdade que nada disso seria possível sem a ajuda, o apoio do meu querido pai, sem dúvidas o melhor do mundo! 

As minhas escolhas, que há 1 ano eu seria proibida de fazer, simboliza a força que muitos acreditaram e decretaram que eu não teria. Elas simbolizam o equilíbrio que eu preciso ter para chegar lá – onde quer que seja. E é para a minha vida, pras minhas escolhas que eu olho toda vez que levo as mãos ao rosto pra chorar de tristeza ou medo.
Há 5 meses eu olhei só para frente e segui até aqui. Agora a vida me obrigou a parar e olhar para trás, para ver, dar valor ao que já aconteceu e começar a me descobrir. O que acontecerá amanhã eu não sei, mas tô ansiosa pra descobrir. Ainda mais diante dessa data tão especial que se aproxima. Deus está me dando um novo ano e pretendo usá-lo da melhor forma. Então, apesar de tudo que vivi até aqui, só posso agradecer a Deus por cada luta, por cada obstáculo, afinal, a vitória tem sido continua...










                        Enfim 19 anos! HAHAHAHAHAH'

3 comentários:

Vitória Thereza disse...

Adorei as fotos, ótimo post

Beijos, Vi
www.leonapoet.com

Chriis Araújo disse...

Poxa Lore, fiquei realmente tocada pelas suas palavras! Só tenho algo a dizer, que o Senhor Jesus esteja contigo por onde quer que andares, que ele te ajude em tudo! Deus te abençoe gatinha ;)

Juliana Santiago disse...

Saudadesss de ve esse blog lindo! :) Parabéns princesa arrasando como sempre. Estou de volta! com post novo
http://jmsdramaqueen.blogspot.com.br/ bjus

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário ele é muito importante pra mim! Loree ;*

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p