sexta-feira, novembro 11, 2011

- relicário intrínseco.

Manter as flores multicoloridas, tomar o café da manhã e reler as cartas. Relembrar, fingir que tem notícias, deixar esse sorriso despontar sem ter um motivo presente, deixar ele ser fruto das lembranças, de um passado tão bom.

Menina, deixa eu te lembrar que para que você não mude. O que te faz mais linda é esse jeito de deixar solto os cabelos, esse nó sem sentido, esses olhos pintados e a sua preferência pelos biscoitos de chocolate. Não se perca, continue preferindo o quente ao frio, as unhas de cores claras e não perca a sua paixão por livros, fotos e piadas idiotas fora de hora. Não esqueça da última vez que recebeu flores, não deixe que vire nada, transforme em poesia. Tudo bem, continue achando o excesso de banhos necessários, você é mesmo assim, não vai te fazer pior. A sua frescura, a sua alergia, os seus medos medíocres, pra que mudar?


Eu, esse poço de misturas loucas, de expectativas frustradas, esse blog, um monte de confissões quero nunca me perder de mim. Acordar, ver meu rosto, lembrar das minhas displicências e deixar pra lá, se espreguiçar, sentir vontade e continuar ansiosa. O meu amor me achou assim, na minha verdade. Que eu mude naturalmente, que eu não me perca de mim na esquina de uma mudança.
Lorena Prazeres

2 comentários:

Anônimo disse...

Que saudades de teu blog Loooooreee!
Julia

Brenda Santos disse...

Olá flor, nossa tem muito tempo que não venho aqui. Desculpas ok!

Beijos
@tudodmenina
http://tudodmenina.blogspot.com

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário ele é muito importante pra mim! Loree ;*

:a :b :c :d :e :f :g :h :i :j :k :l :m :n :o :p